Aos amigos.

Aos amigos.

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..

Amar é sentir a sensibilidade de uma flor..
Amar é sentir a sensibilidade de uma flor.

31 de outubro de 2014

Feliz Halloween!Reeditando.

Sou a bruxinha do bem,não faço mal a ninguém.

A noite começo voar,e com minha vassoura chego até o luar.

Sigo em linha reta,ando pelas nuvens a fim de me abrigar.


Apareço entre penumbras,mas não faço mal a ninguém.

Sou a bruxinha do bem.

Levo comigo a abobora com vários recortes,para colocar luz e com ela iluminar.

Iluminar o espaço,e poder me aconchegar.

E logo quando chego,não quero provocar medo,aqueles que conseguem a mim enxergar.

Sou a bruxinha do bem,não faço mal a ninguém.

Estarei sempre por aí,voando e entrando em histórias de arrepiar.

Sou a bruxinha do bem,não faço mal a ninguém.



"Que a vida possa nos levar a fantasias,caminhando ou voando,sem prejudicarmos aqueles que nos rodeiam.
Que nossos sonhos sejam como um conto de fadas e se bruxas existem,que façam somente parte de personagens em histórias e magias"

Carmen Lúcia-imagem-centerblog.net.

Feliz Halloween,hoje dia 31 de Outubro de 2014.

30 de outubro de 2014

O choro de um violão.



Os acordes foram levados com as ondas,nesse vai e vem das águas.

As mãos já não dedilhavam as notas,que um dia fizeram parte dos versos embalados e soados ao dançar da maré.

Entregavam-se nas espumas brancas e transparentes quando o sol beijava as manhãs,e ficavam como ouvintes desse musical agora ausente.

O tocar alegre,confundia-se com o som das águas vindas de alto mar.

A melodia parou,e o violão chorou.

Chorou,quando viu que suas cordas já estavam endurecidas,igualando-se com as mãos envelhecidas que fizeram parte de um cenário aplaudido,e agora não soam mais aquele musical de outrora.

Uma triste melodia chora,pois aquelas  mãos já não fazem parte desse musical,seus acordes
ao longe nessa triste despedida,juntam-se com a maré....... e simplesmente......emudecem.

Carmen Lúcia-imagem-centerblog.net.

29 de outubro de 2014

Perdoar!

Tu chegas tão tímido,procurando tocar teus lábios aos meus.

Convida-me para sentar,sussurrando palavras de amar.

Eu ligeiramente inclino meu rosto,entrego-te minhas mãos nesse laço de amor.

Mas....a tua presença traz recordações dos dias tristes que tu fostes embora,das noites chorosas e lágrimas derramadas,quando dissestes que partirias para uma nova caminhada.

E agora aqui estás,nesse mesmo local onde trocamos juras que ficaram ao longo do tempo,espalhadas pelo vento.

 Pedes perdão pelo tempo que ficamos distantes,pelos alegres passeios entre alamedas,e caminhadas pelos campos.

Nossos amor tão sublime,não poderia jamais acabar,as noites sem tua presença eram como os dias nebulosos,somente clareavam quando esperava uma carta chegar.

E assim,nesse pensamento persiste a dúvida,mas..... devo perdoar-te,sei que não tens culpa da partida e agora estás aqui pedindo minhas mãos para tocar,e meus lábios para beijar.

Peço licença,e timidamente sento ao teu lado,doando-te meu amor nesses desejos de amar.

Carmen Lúcia-imagem-centerblog.net.

28 de outubro de 2014

Musa dos meus rabiscos!

Colho as rosas na estação primavera,quisera poder colher em todas as estações.

Mas.... se isso acontecer,as deixarei entristecidas e não mais abrirão suas pétalas,quando ouvirem meu caminhar.

Preciso pensar!


Como farei um buquê,para presentear aquele que meu coração desejar?

Ah,mas já sei o que direi para a rainha do roseiral: 

Tu és a musa das minhas prosas e versos, enriquecendo meus rabiscos,principalmente quando amanhece.

Dessa forma,talvez a convença em retirar por um minuto algumas sem machucá-las,prometendo  presenteá-las com mais irmãs,para florir e sorrir como todas elas quando abrem-se a mim,nas lindas manhãs desse jardim.

Carmen Lúcia-Imagemcenterblog.net.

27 de outubro de 2014

Águas sussurram palavras!



Somos amantes das noites de luar,somos duas almas  pactuando momentos líricos de amar. 

Águas sussurram palavras que somente nós ouvimos,quando nossos corpos submergem nesse ato de amor.

Desejamos um anoitecer longo,e um amanhecer aquecendo nossos corações,nessa volúpia de emoções.

Nosso amor não será levado por um barco sem rumo,pois o porto seguro está entre nós e jamais deixará que ele perca o rumo,na hora de aportar.

Sabemos como chegar,pois submergir e emergir sem afundar é o pacto que fizemos nessa longa noite de amar,aos olhares das águas do mar.

Águas sussurram palavras que somente nós ouvimos....

Carmen Lúcia-Imagem-centerblog.

24 de outubro de 2014

Desperte-se!

Desperte-se,retire toda a negatividade deixando entrar somente positividade em sua vida.

Noss'alma precisa e necessita dessa libertação com energia,para nos fortalecer das adversidades que possam aparecer no decorrer das nossas vidas.

Fluidos positivos aos pensamentos negativos,pois dessa forma estaremos enriquecendo nossa mente 

Viver com serenidade em cada amanhecer.

Despertar agradecendo a vida,para um novo renascer.






Carmen Lúcia-imagens-centerblog.net.

23 de outubro de 2014

Passeando pelo Campo!

Passeamos pelo campo,e colhemos flores de todas as especieis,entre elas as margaridas papoulas e algumas silvestres.

A brisa se encarrega de espalhar esse perfume,junto ao ramalhete que doastes a mim.

Enlaçadas em fita de cetim as flores sentem o prazer de ser acolhidas por esse amor sem  fim.

Risos ouço dos jasmins escondidos,e dos cravos embevecidos,quando vêem o nosso caminhar delicado pelos prados.

Cada flor,arrepia suas pétalas ao sentir nosso entrelaçar.

Cada botão abre-se aos cumprimentos da nossa passagem,nessa caminhada de amar.
.
Momentos sublimes,deixando a rosa adormecida acordar.

Sinto que sou tua flor em diversas cores,
rubra como as papoulas,branca como as margaridas, e tu como os jasmins escondidos e os cravos embevecidos.

E assim com doçura,e todos os aromas extraídos de cada pétala de flor,unidos nos doamos em uma entrega de amor.





"No mais belo gesto,sabemos que a entrega de uma flor é a singela homenagem que fazemos para agradar aqueles que amamos.
Oferte esse amor,através da suavidade que há em cada fragrância que ela exala."

Carmen Lúcia-Imagens-centerblog.

22 de outubro de 2014

Jogamos as moedas!

Aqui marcamos um encontro,entre águas que caem na fonte dos desejos.

Um lugar inesquecível,e um desejar dos teus doces beijos.

Tu chegas como um sonho,e te proponho a realidade,juntos transformaremos nossos desejos em verdades.

Jogamos as moedas e ouvimos o ecoar do tilintar,batendo na fonte repetidas vezes dizendo:
Amar...amar...amar.

Os pedidos serão concretizados,quando ao fundo da fonte chegar.

Acredito no teu amor e sei não romperás essa magia que em versos e fortes ecos,diz o quanto tu e eu pedimos os desejos de amar,quando ouvimos esse tilintar.

Jogamos as moedas,nesse sabor do amor,para sempre nos amar.



Poema-Carmen Lúcia-Imagens-centerblog,net.

21 de outubro de 2014

Flutuando sem afundar!





 Chegando ao remanso d'água,a jovem procura com suas mãos amparar as visitantes,que insistem pousar em flores flutuantes.

Delicadamente sem feri-las,em um leve sopro,sussurra para que elas pousem em outro local.

E isso seria natural!

Mas... elas persistem que ali desejam ficar,e descansar.

 Com breve impulso retornam aos voos rasantes,e bem devagar beijando as flores,agradecem pelo aconchego,voltando ao abrigo de repousar.

Borboletas sem medo dos desafios da vida,enfrentam qualquer adversidade,mesmo sabendo que poderiam umedecer suas asas,submergindo nas cristalinas águas.

Assim devemos pensar!

Viver,viver,viver..... como as borboletas,pousando nossas asas nas flores flutuantes sem temer,sabendo que sempre existirá alguém para nos amparar,nesse sobreviver flutuando sem afundar. 

Carmen Lúcia-Imagens-centerblog.net.


20 de outubro de 2014

Eu quero!




Quero chegar,e desfrutar esses momentos em que
abraço doces encantos,evaporando aromas.

Quero um caminho de flores abrindo espaços,onde posso cruzá-los sem espinhos e embaraços.

Quero pisar nesse jardim,e libertar através dessa maciez tudo que não tenha solidez.

Ah,mas eu quero..... Ser aquela que chega com flores entregando aos doces amores.

Amores atravessando corações e emoções,libertando sua alma,para viver feliz.

Quero transferir,minhas verdades em suavidades.

Quero ter vida,para um sobreviver desse querer....

Eu quero...ser poeta,para ter o Prazer de Escrever.

"Feliz dia do Poeta a todos amigos que deixam delineados com amor seus versos e prosas.


Imaginação de um Poeta.

Como poeta,voarei
com asas da imaginação.

Pisarei entre nuvens de algodão,
e transformarei em magia,essa doce ilusão.

Minhas asas,colorem-se junto
aos raios dourados do sol,e ao azul do céu,
em leves filetes prateados.

Começo a planar em pleno ar.

Vejo a lua,sorrindo e abraçando,
eternos namorados.

Estrelas caindo,cintilando
sobre terra e folhas molhadas.

Bem devagar,minh'alma
rabisca em rascunhos,letras descritas
em próprio punho.

A ilusão transforma-se,
e dessa forma,crio e invento.

Na imaginação de um poeta,
ele faz descoberta.

Deixa nas entrelinhas,
a carícia de sorrisos,
alegrando olhares
em suaves rabiscos.

Em doação de amar,entrega um poetar,
aqueles que adoram ler e sonhar.

E nesses sonhos,quem sabe cria
e recria,essa linda magia
em sabor de festa,feita pela imaginação
de um poeta.

  Carmen Lúcia.


Aqui deixo uma pequena homenagem que fiz o ano passado a todos amigos poetas e poetisas.




17 de outubro de 2014

Aos amigos!



Amigos,com muito carinho agradeço a todos que por aqui passaram ontem,deixando mensagens e orações.
Ainda não sei o resultado dos exames,somente amanhã saberei,mas tenho muita Fé no Mestre Divino,e sei que jamais desampara seus filhos.

 Hoje,deixo esse agradecimento aos meus irmãos e amigos enviando através desse anjo,muita luz e beijos a todos.
Carmen Lúcia-imagens-centerblog.

16 de outubro de 2014

Aqui te espero! Um aviso aos amigos.

Aqui te espero meu amor,vejo águas das cascatas delicadamente caindo sobre o remanso,para um descanso ao caminho do mar.

Meus olhos chegam ao ápice das montanhas,encontrando um céu azul,anunciando esse grande dia para te amar.

O balançar das árvores,com a passagem do vento,deixa meu corpo de sobre aviso que essa aragem trará teus abraços e beijos em longos desejos,sendo esse nosso destino.

Ficarei a tua espera,com o coração ardente,queimando como sobrevivente dessa ansiedade.

Sei que chegarás.....

Na verdade,tu fostes em breve despedida,e aqui ficarei esperando,com certeza da tua volta....

Uma espera,sabendo que nesse encontro 
 nos entregaremos,como amantes de outrora.

Poema-Carmen Lúcia-imagem-centerblog.

"Amigos,peço perdão pelo poema feito as pressas,um pouco repetitivo mas não me encontro bem,estou esperando o resultado de uma ressonância da coluna vertebral e outros exames,gostaria que todos orassem por mim."

Beijos a todos.

15 de outubro de 2014

Queridos Mestres-Reeditando.

Queridos Mestres.

As minhas palavras hoje são ínfimas,diante da grandeza que é ser um professor.

Com amor e dedicação,nos ensinam as primeiras palavras que devemos aprender.

E mesmo sem saber,conseguimos aos poucos,junto com suas mãos,desenhar as letras,para juntá-las em pouco tempo aprendendo ler e escrever.


"Aos meus amados mestres,que tanto me ensinaram,agradeço por tudo que aprendi."

Saber respeitar as pessoas,em qualquer situação.

E nesse mundo cão em que vivemos,onde alunos desrespeitam
os professores,nos deparamos com muitos mestres,mesmo passando por tristes momentos,com sapiência,transformam agressão em perdão.

Trazem no coração,as juras que fizeram,para ensinar com louvor
a todos com muito amor.

Por isso digo,parabéns ao dia do Professor,hoje 15/10/2014.

Aos que já foram,aos que são e aos que serão uma rosa perfumada aos mestres amados.



Carmen Lúcia-imagem-Joliscouers.net.



14 de outubro de 2014

Uma melodia triste!

Triste melodia ouço ao longe,como um cântico sonoro de saudades,invadindo minh'alma.

Procuro ficar em silêncio,cerrando meus olhos.

Ela vem como a brisa do vento bem leve,e delicadamente..... invade meu corpo,como um sentir do sopro tristonho.

Tento transformar essa melodia,para que seja alegre,mas ela insiste e persiste em deixar essa saudade invadir meu coração.

Um coração ardente sentindo esse choro como pedinte de um amor,que um dia junto a mim ouviu alegremente esse tocar,sem lágrimas e cânticos de saudades.

 Melodiosas canções,nos transportavam aos encantos de amar,sem lágrimas a rolar.

Mas ao longe,ouço o cântico sonoro de saudades invadindo minh'alma.

Uma melodia triste.......

Carmen Lúcia-imagem-centerblog.net.

13 de outubro de 2014

A grande viagem!



Nesse campo onde a relva começa nascer,a jovem sente a leveza por onde pisa.

Algo lhe chama atenção e fica de sobre aviso....ao
longe,como uma névoa um vulto está sendo absorvido,mas nada vê a não ser ouvir a passagem de um ruído.

Ainda vestida de núpcias,carrega as flores já ressecadas,chorando a partida do amado.

Para que mundo será que ele foi......em outra morada e ficar a espera da amada.....

Ou teria desistido do enlace tão desejado?

Não!

Esse seria um mistério a todos,partiu para a grande viagem,com volta no dia que vir encontrar seu amor,e com ela viajar juntos nesse regresso para outro campo florido.

E simplesmente continuar a vida,quem sabe em outro abrigo.....


Carmen Lúcia-Imagem-centerblog.net

10 de outubro de 2014

Ser criança!Reeditando.

Crianças dos sorrisos marotos.

Trazem nos rostos o semblante do anjo
descendo do céu,para acariciar nossos
corações,em pura inocência de trejeitos e
 emoções.

Crianças de todas as idades,sem distinções.

São verdadeiros presentes,chegando
como bombons embrulhados em papéis
de seda.

Olhares negros,castanhos verdes ou azuis,
conduzem-nos a navegar em um barco 
sobre águas mansas,ao encontro dos
seus esteios.

Descansam seus rostos em nossos colos,se abrigam 
sem receios.

Esperam por anseios em mundos de magias,
onde somente existem
castelos,príncipes e princesas.

 Doces olhares infantis,nos levam a lugares fantásticos,
onde viramos crianças e nos fantasiamos com
flores primaveris.

Crianças que vêem anjos vestidos em purpurinas,
com varinhas mágicas,transformando-os em verdadeiros reis e rainhas.

Crianças carentes,sem pais presentes.

Crianças esmolando em portas,
abrindo suas mãos para que outras as
confortem.

Crianças sobreviventes de um mundo
intrigante,pedem socorro a esse colo tão ausente.

Em fim,crianças doces e meigas,esperam por uma
luz um pouco distante,que as conduzirá
ao futuro brilhante.

Parabéns lindas crianças,nesse dia 12 de Outubro de 2014.

Dia das crianças.

Um beijo adoçado com mel,retirado do
néctar das flores,aos pequeninos
e doces amores.

Carmen Lúcia-imagem-mamietitini.net


9 de outubro de 2014

Aroma da sublime flor!




Sinto ainda,o aroma da sublime flor que tu me presenteastes.

Enviastes em uma caixa aveludada,com um bilhete:

"Te amo e à ti entrego como lembrança,do nosso amor em noites enluaradas".

 Fico sem saber......o quanto tu me amas,pois agora me entregas,assim ausente......

Deixastes uma lacuna,não vivo sem tua presença,preciso dos teus abraços entrelaçados de ternura.

Sei que não me abandonastes,e virás logo trazendo mais uma flor perfumada,em laços de fita aveludada.

Mas.... será pelas tuas mãos,e juntos sentiremos o aroma através dessa entrega nesse doce sabor de amar.

 Poema-Carmen Lúcia-imagem-centerblog.


"Obrigada a todos amigos que estiveram no 2°Prosas Poéticas,deixando seus comentários no meu poema"Um violino à espera da Primavera",agradeço também ao amigo Viviani do blog Vendedor de Ilusão pelo convite,para participar desse evento maravilhoso.


8 de outubro de 2014

O Anjo e a Borboleta!




Ela chega e com suas asas cumprimenta em festa,o anjo quando ali se manifesta.

Um pouco tímido,observa a delicadeza da visitante,alegrando-se com sua presença e beleza radiante.

Uma borboleta,com sua brancura tão alva como o anjo em ternura.

Uma visita tão inesperada,trazendo em suas asas as rendas bordadas por finas mãos de um Mestre,transformada em uma metamorfose da vida. 

A simplicidade fica quando o anjo simplesmente em um gesto,dignifica o esfuziante ato do esvoaçar da visitante.

Seja bem vinda a borboleta,que reverência-se em festa diante de um anjo,e com suas asas se aquieta,quando o anjo lhe pede silêncio em uma nobre e sagrada prece.


Carmen Lúcia-Imagem-centerblog.net


Para ler o poema acessem:
http://vendedordeilusao.blogspot.com.br/2014/10/prosas-poeticas-na-4-apresentacao-traz_7.html


7 de outubro de 2014

As páginas da vida!


Nas páginas da vida,ficaram relatos de veracidades  em linhas descritas.

 Agraciastes a mim como lembrança minha flor preferida,embora esteja quase amarelando,encontro em suas pétalas a maciez da entrega.

Nesse livro verás poesias e poemas feitos e ofertados  a ti,e assim ficarão como um relicário secreto,sendo aberto quando minhas mãos não delinearem versos de amar.

Aqui estou abrindo as folhas amareladas,mas ainda perfumadas,e com mãos frágeis tento
deixar versos dedicados em prosas.

Meu amor,somente tu sabes que és e serás para sempre o meu confidente,e com a rosa tímida deixo a página aberta.....para ser lida nas páginas da vida.

Poema-Carmen Lúcia-imagem-centerblog.

Amigos,gostaria que visitassem,07/ e 08/out. o blog do amigo Viviani,onde lá encontrarão um poema feito com muito amor.
Obrigada.

6 de outubro de 2014

Um pouso na claridade!



Um sopro chega,e faz as libélulas voejarem até o descanso de suas asas.

São libertas,e voam espertas ao caminho da luz,sentindo segurança no local que a claridade as conduz.

Quisera ter essa capacidade e poder sair da obscuridade,procurando um refúgio e um caminho  iluminado como das libélulas.

Lindas,demonstram suavidade em cada pouso,com asas transparentes,esvoaçam com sutilezas seu pousar sobre a natureza.

Que sejam bem vindas ao recanto do campo,onde sobrepõem-se nas verdejantes árvores que as esperam,para com suas asas pousarem nessa claridade.

Libélulas,mostrem agilidade nesse pouso.....sejam rápidas,voltando para a liberdade....

Poema-Carmen Lúcia-imagem-mamietitini.
Amanhã estarei com a apresentação do meu poema no:http://vendedordeilusao.blogspot.com.br/
somente clicar no link acima ou ao lado direito do meu blog nos banners.
Obrigada.
                    

3 de outubro de 2014

Raízes!


Assim perfeitos como a natureza,nos unimos e nos prometemos amor eterno.

Recebemos o sol,aquecendo nossas sementes,e a chuva aguando no momento certo.

Como a primavera,vivemos desse florescer,e para continuar nossas vidas,seremos sempre regados com águas cristalinas.

E assim ficaremos acolhidos em terrá fértil,sem esmorecer.

Somos duas almas,transformadas em um ser.

Somente separadas,se nossas raízes forem cortadas.

Poema-Carmen Lúcia-imagem-centerblog.net.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Amigos

Amigos

Flores com carinho.

Flores com carinho.